terça-feira, 15 de outubro de 2019

O Adormecer das Palavras e Outros Poemas: LES MOTS QUI S’ENDORMENT ET AUTRES POÈMES / EL ADORMECER DE LAS PALABRAS Y OTROS POEMAS


 
Marcos Freitas apresenta um belo livro de poesia intitulado: O adormecer das palavras e outros poemas em uma edição trilíngue português-francês-espanhol. Os vinte e cinco poemas concebidos em língua portuguesa foram traduzidos para o espanhol e para o francês pelos tradutores Carlos Saiz e Oleg Almeida, respectivamente. No total, o leitor lerá setenta e cinco poemas, que compõem uma sinfonia ímpar, pois ela leva-o por um passeio em três línguas, cada uma delas com suas especificidades, belezas e encantamentos. Ao leitor, caberá ler as versões que ele conhece, e observar as que ele desconhece em um intuito de descoberta. Essas três combinações poéticas abrem possibilidade para uma leitura construída a partir de composições variadas e diferenciadas, que abrem espaço para o leque das interpretações possíveis. Assim, agregar à língua inicial os poemas em outras línguas torna a leitura mais complexa, prerrogativa trazida pela tradução, pois temos três livros em um. Cada uma das línguas abre possibilidades infinitas de composição do livro, agregando públicos diferenciados. Do ponto de vista editorial, a decisão de iniciar a leitura com o poema em português, seguido de sua tradução em francês e, em seguida para o espanhol, convida o leitor a adentrar em uma musicalidade múltipla que tem a ver com uma leitura íntima e estranha proporcionada pela linguagem. Nesse caso, o poema se torna outro sendo não mais o mesmo, no âmbito de um re-conhecimento linguístico impossível de ser dito, mas que é construído pelas leituras diferenciadas que se oferecem a nós. Caminha-se, por conseguinte, por entre pontes desafiadoras que transformam o poema em algo difícil de nomear, mas que ali está, bem debaixo de nossos olhos. É a estranheza proporcionada pela tradução. Prefácio de Ana Rossi. Brasília, 16 de setembro de 2019.

Product details

  • Paperback: 93 pages
  • Publisher: Independently published (October 8, 2019)
  • Language: Portuguese
  • ISBN-10: 1698487576
  • ISBN-13: 978-1698487571
  • Product Dimensions: 6 x 0.2 x 9 inches
  • Shipping Weight: 6.9 ounces

versão digital Kindle:
 https://www.amazon.com/gp/product/B07YVHPCPN/

versão impressa (brochura - paperback):
 https://www.amazon.com/gp/product/1698487576/

A Solidão no Programa do Jô, de Edmílson Caminha


quarta-feira, 11 de setembro de 2019

mais que carvão de barbatimão, de marcos freitas

mais que carvão de barbatimão: Poemas Seleccionados - Selected Poems (2003-2007) - Edição trilíngue: português – espanhol - inglês

Lo que más impacta en la poesía de Marcos Freitas es la armonía y sensibilidad con las que entrelaza asuntos cotidianos con pasiones, manteniendo el tono de inocencia y humor, y consiguiendo ser ligero y profundo al mismo tiempo. (...) Así como el agua el poeta se desliza con elegancia y fuerza por la vida y las relaciones, por entre los valles de la tristeza y las alegrías infantiles, entre el fuego del erotismo y las normas de la sociedad. Hay también una mirada crítica. (...) A pesar de los accidentes del camino, como el agua su escritura es certera, reflejo de ese movimiento interior, calmado y compensado, de equilibrista.

Como en muchas de las vanguardias poéticas, consta en él la preocupación sobre la forma como continente insuficiente. El poeta es consciente de las limitaciones de la palabra y de sus batallas de frontera con el silencio: se pudiese comprender / el poder de la palabra, / del habla, / hasta cuando ésta / al fin se calla.
Alicia Silvestre. Poeta, profesora universitaria y traductora.

What strikes most in the poetry of Marcos Freitas is the harmony and sensitivity with which he interweaves everyday affairs with passions, maintaining the tone of innocence and humor, and managing to be light and profound at the same time. (...) Like water, the poet slides with elegance and strength through life and relationships, between the valleys of sadness and childish joys, between the fire of eroticism and the norms of society. There is also a critical eye. (...) Despite the accidents of the way, like water, his writing is accurate, reflecting this inner movement, calm and compensated, as an equilibrist.

As in many of the poetic vanguards, there is a concern about how the continent is insufficient. The poet is aware of the limitations of the word and of his frontier battles with silence: if i could i understand / the power of the word, / of speech, / even when this is / finally, quiet.
Alicia Silvestre. Poet, university professor and translator.

edição digital (Kindle):
https://www.amazon.com.br/mais-que-carv%C3%A3o-barbatim%C3%A3o-Seleccionados-ebook/dp/B07XC2R21J

edição impressa (brochura - paperback):
https://www.amazon.com/gp/product/1690992964/

Product details

  • Paperback: 95 pages
  • Publisher: Independently published (September 4, 2019)
  • Language: Portuguese
  • ISBN-10: 1690992964
  • ISBN-13: 978-1690992967
  • Product Dimensions: 6 x 0.2 x 9 inches

segunda-feira, 9 de setembro de 2019

 
Links
Translate